No passado dia 5 de Setembro alguns jovens da Associação de Respostas Terapêuticas de Castro Verde visitaram a Base Aérea de Beja. Sendo jovens com média dos 17 anos e com a obrigatoriedade do dia da Defesa Nacional quando completarem os 18 anos, uma das possibilidades é a Força Aérea, visto alguns dos jovens quererem seguir carreira militar.

Base Aérea n.º 11 (BA11) ou Base Aérea de Beja  é uma base aérea da Força Aérea Portuguesa, situada a poucos quilómetros da cidade de Beja. A base foi activada em 1967, albergando, quase desde o seu início, unidades de instrução da Força Aérea Alemã, aí estacionadas ao abrigo de um acordo bilateral entre Portugal e a Alemanha. Dado que a base se situa numa região de planícies e fracamente povoada, era ideal para a realização de voos de instrução, sendo por isso utilizada para essa função tanto pela aviação militar como pela civil. Em termos de área ocupada, a BA11 é a maior base aérea da Europa e uma das maiores do mundo.

Até 1987, na BA11 quase só estacionaram em permanência unidades de voo da Deutsche Luftwaffe. A partir desse ano, a Força Aérea Portuguesa começou a transferir para a BA11 várias unidades aéreas que estavam estacionadas em outras bases. A primeira foi a Esquadra 103, vinda da base Aéra de Monte Real, destinada à instrução complementar de pilotagem em aviões de caça.

Em 1993, com a extinção da Base Aéra de Tancos, foi transferida para a BA11 a Esquadra 552, que opera os SE 3160 Alouette III. Nesse ano, a Base recebeu também os novos aviões Alpha-Jet que passaram a equipar a Esquadra 103 e a Esquadra 301 igualmente transferida para Beja.

Ainda em 1993, deu-se a saída das unidades alemãs, passando a base a operar só com unidades portuguesas.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *